sábado, 21 de maio de 2011

Meio ambiente

Como explicar a reciclagem às crianças

Primeiro ensinando-as como selecionar o lixo e onde devemos depositá-lo. Os resíduos podem ser separados em 5 grupos: o de papel, vidro, plástico, restos de comida, e outros mais orientados ao óleo, brinquedos, pilhas, etc. Existem cinco tipos de lixeiras onde devemos jogar o lixo:
1- Lixeira azul: destinado para papel e papelão.
2- Lixeira verde: destinado para vidros, cristal.
3- Lixeira vermelha: para as embalagens de plástico e briks , fora os de metal.
4- Lixeira amarela: para as embalagens de metal e aço.
5- Lixeira marrom: para os restos de comida, ou seja, para a matéria orgânica e também para outro tipo de restos como as plantas, tampas de cortiça, telas, terra, cinzas, pontas de cigarro, etc.
6- Lixeiras complementares: para jogar restos de óleo, brinquedos quebrados e pilhas.

Por que temos que reciclar

É necessário explicar passo a passo porque temos que reciclar. As crianças precisam saber o porque das coisas para fazê-lo. É necessário fazê-las entender que a reciclagem existe para evitar a destruição do nosso meio ambiente.

Exemplos

1- Papel – para fabricar uma tonelada de papel é necessário utilizar entre 10 e 15 árvores, 7800 Kw/h de energia elétrica e uma grande quantidade de água. Ao reciclar o papel, se reduzirá o corte de árvores, se economizará energia elétrica e uma grande quantidade de água. Além disso, estaremos protegendo animais como os insetos e os pássaros, que dependem muito das árvores para sobreviverem.
2- Vidro – O vidro é reciclável porque está feito de areia, carbonado de cal, carbonato de sódio, materiais que requerem muita energia para sua fabricação. Para fundir vidro descartável se requer menos temperatura que para fabricá-lo com matéria-prima virgem.
3- Aluminio - Pode-se encontrar alumínio em um mineral chamado bauxita. Para extraí-lo e processá-lo requer uma grande quantidade de energia elétrica, sendo que se obtivermos o alumínio reciclando-o, se economizará quase 95% de energia. 

O que podemos fazer

Podemos seguir a regra dos quatro erres: reduzir, reutilizar, reciclar e recuperar. Reduzir a quantidade de lixo, reutilizar embalagens e sacos, reciclar materiais como o plástico, e recuperar materiais para voltar a utilizá-los.

Paralelamente à educação meio ambiental que devem dar aos seus filhos, os pais também devem seguir algumas normas como sugestão no seu dia-a-dia:
1- Escolher com cuidado os produtos que se compra, considerando as possibilidades de reutilização das embalagens.
2- Evitar comprar produtos com muita embalagem.
3- Sempre que for possível, reciclar os sacos de supermercado para envolver o lixo ou para levá-los quando vão às compras em feira, etc.
4- Reciclar os papéis que utilizamos em casa.
5- Evitar impressões de papel desnecessárias.
6- Fazer com que as crianças usem mais o quadro negro que os papéis.
7- Escolher papéis reciclados.
8- Comprar bebidas em garrafas recicláveis.
9- Usar lâmpadas de baixo consumo.
10- Difundir suas experiências de reciclagem com amigos e familiares. 



PROJETO PEDAGÓGICO: LIXO PODE VIRAR LUXO!!!




TEMA:

CUIDANDO DO MEIO AMBIENTE, RECICLANDO PARA PRESERVAR.


LEMA: Reduzir, Reutilizar, Reciclar





ALUNOS ATENDIDOS: ENSINO FUNDAMENTAL (SÉRIES INICIAIS) E EDUCAÇÃO INFANTIL

DURAÇÃO: Durante todo o ano letivo.

PERÍODO: Março à Dezembro.

CLIENTELA: Alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental (Séries Iniciais)



PROBLEMA:
A quantidade de materiais que vai para o lixo e que poderiam ser reciclados ou reutilizados a fim de diminuir a exploração de recursos naturais. Como conscientizar a sociedade do problema que gera o lixo na degradação ambiental?


HIPÓTESES:

Partindo da realidade sócio cultural dos educandos em relação ao processo ensino e aprendizagem, verificamos que é necessário repensarmos na educação do futuro como formação do conhecimento e não apenas como informação.Partindo dessa realidade, consideramos imprescindível elaborar este projeto, com a intenção de formarmos sujeitos do conhecimento despertando nos alunos o prazer pela natureza, entendendo de Ecologia e Questões Ambientais.
A maioria do lixo produzido pelas pessoas podem ser reciclados ou reutilizado!
Podemos poupar muitas árvores com uma simples coleta seletiva de papel feita em casa e depois mandada para a reciclagem.


Conseqüências para a escola e/ou para a teoria se as hipóteses forem aceitas ou rejeitadas:
Se a hipótese for aceita será realizada coleta seletiva diariamente dos materiais que podem ser reciclados.
Será aplicada a conscientização em alunos que não participaram do projeto.
Com os materiais coletados (principalmente o papel) pode-se fazer um ateliê de reciclagem ou reutilização, mostrando a utilização que esse material teve ao invés dele ir para o lixo. (EX: Cartões, porta-retratos, enfeites...)
Mostrar que com esses materiais é possível arrecadar fundos, para a aplicação em uma viagem, melhoria da sala ou para outros fins que podem ser decidido pela turma.
Caso a hipótese seja rejeitada será realizada uma nova reunião para uma revisão das hipóteses e do projeto em geral.

SOLUÇÃO:
Através de uma campanha de coleta seletiva na sede da companhia, fazendo com que a população deseje contribuir para a melhoria das condições do meio ambiente e da qualidade de vida.
Para conseguirmos isto, será necessário conscientizar a dona de casa, o trabalhador, de sua importância vital neste projeto. A partir do momento que valorizamos esta ação, na fonte que gera o lixo, dentro de casa , escritório, restaurantes e outros, teremos o sucesso deste programa.






Confecção de materiais didáticos alternativos usando sucatas.* Exposição dos trabalhos criados pelos alunos.* Implantação de um projeto piloto de coleta e separação do lixo no próprio Colégio.* Venda do lixo reciclado.* Compra de cestas básicas para distribuição às famílias carentes.* Realização de palestras com profissionais de instituições públicas e/ou privadas.* Realização de um eco desfile com roupas de sucatas confeccionadas pelos alunos.* Promoção de mini-concursos, como por exemplo, a escolha do (a) melhor: mascote, livreto, frases, teatro, tele-jornal, objetos de sucata, entre outros.* Organização de um livro de receitas.* Confecção de adesivos para divulgação da importância de se reciclar o lixo, usando o mascote e a frase criadas pelos próprios alunos.* Organização de um livro com histórias sobre o lixo.

INTRODUÇÃO / APRESENTAÇÃO:A reciclagem é o reaproveitamento dos materiais como matéria-prima para um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita tratamento final, como aterramento, ou incineração.O conceito de reciclagem não deve ser confundido com o de reutilização.Assim, para que ocorra a reciclagem se faz necessário a COLETA SELETIVA, que é a separação dos materiais que podem ser reciclados, na sua fonte geradora. Propõe-se criar um exercício de cidadania na comunidade em que vivemos, ou seja, criar hábito de selecionar o lixo para a reciclagem.
Muita gente ainda pensa que a lata de lixo é um lugar mágico que faz desaparecer, como uma varinha de condão, aquilo que jogamos fora, que não precisamos mais.Basta observarmos as reportagens na imprensa sobre o problema dos lixões e aterros sanitários, para constatar que é preciso fazer alguma coisa já, agora. Porque amanhã pode ser tarde demais.O primeiro passo é "reciclarmos" o conceito que temos de lixo, deixando de enxergá-lo como uma coisa suja e inútil em sua totalidade.O lixo é fonte de riqueza e que para ser reciclado deve ser se-pa-ra-do através de um simples gesto, dentro de casa: colocar o lixo orgânico (úmido) em um coletor e o lixo reciclável (seco) em outro.A coleta seletiva é a melhor - e por enquanto a única - solução para encaminharmos os resíduos que não são biodegradáveis (embalagens de plástico, vidro, metal, papel) para seu destino correto: as usinas de reciclagemA coleta seletiva só tem vantagens e nenhuma desvantagem:Redução do material enterrado ou jogado a céu aberto, evitando-se a poluição do ar, terra e água.Redução da extração de recursos naturais que muitas vezes não são renováveis, como o petróleo.Redução do desperdício.Redução do depósito de lixo em lugares clandestinos.Redução do consumo de energia na produção.E geração de renda, através da inclusão social e da comercialização dos recicláveis, entre outras.Você está convidado a ser mais um guardião da natureza e praticar os 3 Rs do cidadão eco eficiente: Reduzir, Reutilizar, Reciclar. A Natureza agradece.

JUSTIFICATIVA
Esse estudo é de suma importância, pois trará grande contribuição não só para a atuação governamental no que tange a destinação correta dos resíduos sólidos, com também para despertar em nossos alunos a consciência de que praticamente todo o lixo pode ser reaproveitado, podendo inclusive, ser usado na confecção de ricos e criativos materiais didáticos, que servirão de instrumentos para enriquecer as aulas, facilitando assim, o processo ensino/aprendizagem.
Os resultados da reciclagem são expressivos tanto no campo ambiental, como nos campos econômico e social.No meio-ambiente a reciclagem pode reduzir a acumulação progressiva de lixo a produção de novos materiais, como por exemplo o papel, que exigiria o corte de mais árvores; as emissões de gases como metano e gás carbônico; as agressões ao solo, ar e água; entre outros tantos fatores positivos.No aspecto econômico a reciclagem contribui para a utilização mais racional dos recursos naturais e a reposição daqueles recursos que são passíveis de re-aproveitamento.No âmbito social, a reciclagem não só proporciona melhor qualidade de vida para as pessoas, através das melhorias ambientais, como também tem gerado muitos postos de trabalho e rendimento para pessoas que vivem nas camadas mais pobres. No Brasil existem os carroceiros ou catadores de papel, que vivem da venda de sucatas, papéis, latas de alumínio e outros materiais recicláveis deitados para o lixo. Também trabalham na coleta ou na classificação de materiais para a reciclagem. Como é um serviço penoso, pesado e sujo, não tem grande poder atrativo para as fatias mais qualificadas da população.
Analisando a situação do Planeta Terra hoje se vê necessário agir de alguma forma para pelo menos amenizar a constante destruição que o próprio homem vem causando ao Meio Ambiente por conta da vida moderna.
A Proliferação das indústrias, os processos de urbanização e a utilização desenfreada dos recursos naturais vêm causando grandes problemas para a sobrevivência humana.
Sendo assim vemos que muitas vezes simples atos são necessários para a melhora do meio ambiente.
A reciclagem além de ser um ato simples ameniza a situação do lixo e gera maiores possibilidades de empregabilidade além da preservação dos recursos naturais. A cada uma tonelada de papel reciclado pode-se poupar 22 arvores. Cada pessoa consome 2 árvores por ano em papéis (para escrever, guardanapos, embrulhos, etc.). Uma pessoa gera 10 vezes seu próprio peso em lixo domésticos por ano; No Brasil são produzidas 250.000 toneladas de lixo diariamente.
A questão do lixo é um caso muito serio pois será uma herança que ficará por muitos anos para nossos filhos e familiares.


Num projeto prático de ciências e meio ambiente, os alunos aprendem como reciclar enquanto coletam, registram em planilhas e analisam tabelas com os dados de produção de lixo de suas próprias famílias. Por fim, apresentam o que descobriram.
Justifica-se o presente projeto.

OBJETIVOS:Contribuir na total melhoria das condições de vida no planeta, visando o homem em primeiro lugar, reforçar cada vez mais entre os seus alunos a consciência de preservação ao meio ambiente.
Despertar em nossos alunos a consciência de que praticamente todo o lixo pode ser reaproveitado, podendo inclusive, ser usado na confecção de materiais didáticos alternativos, oferecendo oportunidades ao educando a fim de que possa perceber-se integrante e agente mantenedor do Meio Ambiente, contribuindo decisivamente para melhoria na qualidade de vida do Planeta, estimulando a mudança prática de atitudes e a formação de novos hábitos com relação a utilização dos recursos naturais favorecendo a reflexão sobre a responsabilidade ética de nossa espécie e o próprio planeta como um todo, auxiliando para que a sociedade possua um ambiente sustentável, garantindo a vida no planeta.
Conscientizar os alunos sobre a importância da reciclagem, a melhora de vida, a limpeza da cidade e até mesmo a possibilidade de se ganhar dinheiro com materiais que podem virar arte.

Objetivos Específicos
Incentivar e promover o trabalho coletivo e a cooperação entre os alunos e os professores, entre a escola e a comunidade, para transformação humana e social, alcançando a preservação e a recuperação do ecossistema.
Possibilitar a construção da consciência ecológica para este mundo diferente e transformador, fazendo análises importantes tanto nos conteúdos programáticos como na prática relativa ao meio ambiente escolar.
Observar e analisar fatos e situações de todos os tipos de lixo do ponto de vista ambiental, de modo crítico, reconhecendo as necessidades e oportunidades de atuar de modo proposital para garantir um meio ambiente saudável e a boa qualidade de vida.
Conscientizar o aluno para a necessidade de pensar no problema do lixo, nas formas de coleta e destino, na reciclagem, nos responsáveis pela produção e destino na escola, em casa e em espaços comuns, e que venha se tirar proveito e lucro da coleta e reciclagem, ao mesmo tempo, trazendo retorno para a escola e para o município. Sendo assim, buscar-se-á parcerias que envolvam empresas e setor público.
Perceber que o lixo pode ser uma fonte importante de recurso financeiro através da reciclagem.
Identificar o nível de dependência em relação a energia elétrica, buscando alternativas para a redução do consumo e outras fontes produtoras de energia.
Conscientizar sobre a importância da água para manter a vida no planeta, além de buscar meios para economizar e usá-la racionalmente.
Criar uma consciência sobre a necessidade de diminuir e buscar formas para solucionar a poluição do ar, da água, do solo, sonora e visual. Possibilitar a comunidade escolar o acesso a áreas verdes preservadas.
Capacitar os alunos para plantar, preservar e recuperar áreas verdes na escola e comunidade, visando formar cidadãos que interagem e participem de forma ativa na recuperação do meio ambiente.
Recuperar o terreno da escola para criar um espaço de reflorestamento e embelezamento.
Participar de ações sociais que resgatem valores humanos como respeito pela vida, responsabilidade, solidariedade, amizade e ética.
· Estimular a mudança prática de atitudes e a formação de novos hábitos com relação à utilização dos recursos naturais.
· Favorecer a reflexão sobre a responsabilidade ética do ser humano com o próprio planeta.
· Conscientizar-se sobre as diferentes formas de coleta e destino do lixo, na escola, casa e espaços em comum.
· Conscientizar para o uso adequando e renovação de certas matérias primas: Reciclagem
· Reforçar matérias de ciências que já viram na escola.
· Conscientizar a população através das ações do grupo.


. Conscientizar as crianças sobre a importância do meio ambiente e como o homem está inserido neste meio;

. Estimular para que perceba a importância do homem na transformação do meio em que vive e o que as interferências negativas tem causado à natureza;

. Desenvolver e estimular na criança a criatividade;

. Estimular a leitura e a escrita;

. Desenvolver os conhecimentos lógicos matemáticos (quantidades, adição, subtração);

. Desenvolver a oralidade, a socialização;
. Proporcionar o contato e o uso dos recursos tecnológicos como aliados ao processo de aprendizado e também ao processo de preservação do meio ambiente.


REFERENCIAL TEÓRICO:

O ambiente urbano é um dos mais poluídos, nele ocorrem vários tipos de poluição: sonora, visual, atmosférica, lixo, esgoto, etc. Uma das principais poluições que causam grande degradação ao meio ambiente e ameaça ao ser humano é o lixo urbano. Poucas cidades dispõem de aterros sanitários apropriados e raríssimas são as que possuem usinas de tratamento. A maioria das cidades deposita o seu lixo em lixões, que servem de fonte de consumo para muitas pessoas.
Nesses lixões, além do lixo doméstico, podem ser encontrados lixos hospitalares, podendo haver contaminação com agulhas, remédios vencidos que poderão causar vários danos à saúde; lixo tóxico como pilhas e baterias que contêm metais pesados como o chumbo, mercúrio e cádmio em seus produtos. Estima-se que cada bateria ou pilha depositada de forma inadequada contamine uma área de um metro quadrado.

PARA ONDE TUDO ISSO VAI?




Lixões – depositado diretamente no solo, podendo contaminar nossas águas – 88%
Aterros Sanitários – método adequado de destinação, que protege o meio ambiente –10%
Encaminhamento para reciclagem – 2%
Nós podemos mudar esses números, evitando jogar lixo no meio ambiente e praticando 3 Regras:
· Reduzir: gerar menos lixo evitando desperdício Ex: utilizar a frente e o verso do papel para escrever. O projeto será avaliado pela participação dos alunos e monitores;
· Atividades realizadas pelos alunos;
· Através dos desempenhos individuais e em grupo;
· Pelo interesse nos assuntos abordados e a partir de suas duvidas;
· Reuniões periódicas entre os monitores e aplicadores do projeto.
A mudança de valores, atitudes e posturas ocorrem lentamente e a obtenção de um resultado positivo depende do envolvimento de todos em um exercício de cidadania.
Levantamento das estratégias
· Reciclar todo papel produzido pela entidade;

Mapa conceitual
· Realizar trabalhos manuais com o papel reciclado;
· Conscientizar alunos sobre a necessidade da reciclagem de papeis e outros materiais
· Recursos Necessários
Recursos Humanos
Professores, Palestrantes,Monitores;

Reutilizar: usar o lixo antes de descartá-lo, para a mesma função ou utiliza-lo de outras formas. Ex: usar garrafas de plástico para fazer vasos, guardar grãos.
Reciclar: aproveitar produtos jogados no lixo para a fabricação de novos objetos. Ex: O plástico usado em bolsas e soro, pode dar origem a canos de PVC.
A reciclagem é uma saída para amenizar a quantidade de lixo produzida por cada pessoa. Ela consiste na separação (seleção) e recuperação dos diferentes tipos de materiais orgânicos e inorgânicos (vidros, papel, plástico, metal, etc.). A seleção e a recuperação do lixo urbano no mundo, principalmente em países desenvolvidos já é prática rotineira e generalizada.


A Importância da Reciclagem para o Meio Ambiente:
• reduz a quantidade de resíduos encaminhados ao aterro sanitário com conseqüente aumento da sua vida útil, representando redução de custos nos investimentos da Companhia;
• reduz a exploração de recursos naturais;
• incentiva a participação da comunidade na solução de problemas;
• reduz os impactos ambientais durante a produção de novas matérias primas;• reduz o consumo de energia elétrica;
• reduz a poluição ambiental;
• amplia o desenvolvimento econômico pela geração de novos empregos e renda na operacionalização dos materiais recicláveis e na expansão dos negócios relativos à reciclagem.
Precisamos conhecer e divulgar as vantagens de separar o lixo:
· A reciclagem de uma única lata de refrigerante, representa uma economia de energia equivalente a três horas com a televisão ligada;
· O reaproveitamento de lata rende US$ 30 milhões por ano;
· Uma lata pode resistir cem anos à ação do tempo;
· Reciclar uma tonelada de alumínio gasta 95% menos energia do que fabrica a mesma quantidade;
· Uma tonelada de papel reciclado poupa 22 árvores do corte, consome 71% menos energia elétrica e representa uma poluição 74% menos do que na mesma quantidade;
· Uma tonelada de alumínio usado reciclado representa cinco de minério extraído poupado;
· Para cada garrafa de vidro reciclada é economizado energia elétrica suficiente para acender uma lâmpada de 100 Watts durante quatro horas;
· A reciclagem de 10.853 toneladas de vidro preserva 12 mil toneladas de areia;
· A reciclagem de 18.679 toneladas de papel, preserva 637 mil árvores;
· No Brasil, cada habitante descarta 25 quilos de plástico por ano, cinco vezes menos que os americanos, um dos maiores consumidores do mundo;
· A reciclagem de 6.405 toneladas de metal, preserva 987 toneladas de carvão.


Curiosidades
· Cada pessoa consome 2 árvores por ano em papéis (para escrever, guardanapos, embrulhos, etc) ;
· Cada pessoa gera 10 vezes seu próprio peso em refugos domésticos por ano;
· No Brasil são produzidas 250.000 toneladas de lixo diariamente;
· Cada pessoa descarta 45 kg de plástico por ano;
· Somente 1% da água doce do planeta pode ser usada para consumo humano;
· O vidro jogado no solo nunca mais se decompõe;
· O plástico leva 450 anos para se decompor;
· O Brasil recicla 78% de alumínio, e na natureza levaria de 200 a 500 anos para se decompor;
· A garrafa PET pode ser transformada em fibras para roupas.



METODOLOGIA:
(TÉCNICAS E RECURSOS) Esse projeto terá como ações concretas a realização de algumas visitas técnicas de estudos em alguns locais (lixão municipal, terrenos baldios, rios, etc) onde o lixo e depositado inadequadamente, a confecção de materiais didáticos alternativos usando sucatas, culminando com uma exposição dos trabalhos, a implantação no ambiente escolar de um projeto piloto de separação do lixo, a organização de uma cartilha educativa, realização de mini-concursos, distribuição de cestas básicas com venda do lixo recolhido no colégio, entre outras. Enfim, serão efetivados vários levantamentos bibliográficos relacionado ao tema junto às bibliotecas públicas, particulares, instituições públicas ou particulares e a internet, que servirão de embasamento teórico para a execução do presente trabalho.
Atividades Desenvolvidas:

Comece uma campanha de reciclagem na sua escola ou bairro com o título Reduzir, Reutilizar, Reciclar ou crie o seu próprio lema. Os eventos para promover a campanha podem incluir uma noite de conscientização da reciclagem ou competição escolar.
Pergunte aos alunos o que eles sa¬bem sobre a preservação da Terra. Todos sabemos, por exemplo, que a poluição ameaça os recursos naturais. Mas quais são esses recursos? (O oceano, os mananciais de água, o ar, etc.) Como a super utilização também pode ameaçá-los? (Por exemplo, o desenvolvimento excessivo das terras ou o excesso de áreas destinadas à extração de madeira podem ameaçar árvores, solo, vida selvagem e a vida das plantas) De que modo o lixo doméstico agrava o problema? (De dois modos: super¬utilização dos recursos, como árvores/papel; poluição decorrente da grande quantidade de lixo, o que cria excesso de aterros; muitos pro¬dutos não-biodegradáveis.)Em seguida, discuta a reciclagem com a classe. Por que a reciclagem é importante e útil para o futuro? Peça aos alunos para estimarem quantos quilos de lixo eles pessoalmente produzem a cada ano e digam suas estimativas para a classe. Diga-lhes que nesta atividade descobrirão quanto lixo eles e suas famílias realmente produzem por ano, o quanto dele é reciclado e quanto mais poderia ser reciclado. Explique que no projeto “O lixo é um luxo!” os alunos irão pesar e, se possível, separar o lixo da família em não-aproveitável e reciclável, registrar os resultados em tabelas durante três semanas e analisar os dados.

Composição: Marco Aurélio / Rogério Gobbo
O lixo é luxo, não dá mais pra suportar,chegou a hora vamos todos reciclar.
Não jogue lixo pelas praças e calçadas,pelos rios e nas matas isso tem que acabar. (bis)
O lixo é luxo, não dá mais pra suportar,chegou a hora vamos todos reciclar.
Separe plástico, latinha, papelão,ferro, alumínio de montão,vidro separe, ele também. (bis)
O lixo é luxo, não dá mais pra suportar,chegou a hora vamos todos reciclar.
Reciclando, ajudando a natureza,você pode ter certeza, agora nós vamos poupar. (bis)
O lixo é luxo, não dá mais pra suportar,chegou a hora vamos todos reciclar.
Lixo no lixo, não no terreno baldio,só coloque no saquinho o que não der pra reciclar. (bis)


Confecção de materiais didáticos alternativos usando sucatas.* Exposição dos trabalhos criados pelos alunos.* Implantação de um projeto piloto de coleta e separação do lixo no próprio Colégio.* Venda do lixo reciclado.* Compra de cestas básicas para distribuição às famílias carentes.* Realização de palestras com profissionais de instituições públicas e/ou privadas.* Realização de um eco desfile com roupas de sucatas confeccionadas pelos alunos.* Promoção de mini-concursos, como por exemplo, a escolha do (a) melhor: mascote, livreto, frases, teatro, tele-jornal, objetos de sucata, entre outros.* Organização de um livro de receitas.* Confecção de adesivos para divulgação da importância de se reciclar o lixo, usando o mascote e a frase criadas pelos próprios alunos.* Organização de um livro com histórias sobre o lixo.

· Confecção de materiais didáticos alternativos usando sucatas.
· Exposição dos trabalhos criados pelos alunos.
· Implantação de um projeto piloto de coleta e separação do lixo no próprio Colégio.
· Venda do lixo reciclado.
· Compra de cestas básicas para distribuição às famílias carentes.
· Realização de palestras com profissionais de instituições públicas e/ou privadas.
· Realização de um ecodesfile com roupas de sucatas confeccionadas pelos alunos.
· Promoção de mini-concursos, como por exemplo, a escolha do (a) melhor: mascote, livreto, frases, teatro, tele-jornal, objetos de sucata, entre outros.
· Organização de um livro de receitas.
· Confecção de adesivos para divulgação da importância de se reciclar o lixo, usando o mascote e a frase criadas pelos próprios alunos.
· Organização de um livro com histórias sobre o lixo.
Recursos Materiais: Material reciclável, papéis variados, fitas de vídeo, filmes fotográficos, cola, tesoura, máquinas fotográficas, filmadora, revistas, jornais, livros, cartilhas, giz de cera, lápis de cor, canetinhas, tintas, serviços de terceiros (ônibus para as prováveis visitas técnicas de estudos), enfim, tudo o que possa ser reaproveitado.


Planejamento de atividades numa sequencia organizada e contínua ao longo do ano letivo que viabilizem, evolução e o desenvolvimento harmonioso do projeto.
Todas estas atividades, criarão uma nova postura perante os cuidados com a saúde, alimentação e educação, beneficiando os relacionamentos na família e sociedade.
Divulgação das atividades do projeto nas salas de aula e reuniões com docentes.
Apresentação do projeto através de cartazes, fotografias, documentários em vídeos, painéis e debates, com personalidades de reconhecimento público oriundos da sociedade civil, também de autodidatas que versem sobre técnicas permaculturais na qualidade de voluntários sempre que possível.
Organização do setor de coleta e seleção do lixo com vasilhame adequado para as salas, corredores e departamentos especiais, além de depósito próprio para os reciclos. As coletas serão feitas duas vezes por semana e na sequência envolverão a totalidade dos alunos.
A manutenção dos jardins, hortas, bosques, árvores e gramados, acontecerão com ações práticas envolvendo alunos, professores e instrutores ecológicos.

Serão dialéticas priorizando em todos os momentos o diálogo, pelo qual far-se-á uma retomada de conhecimentos já trazidos pelos alunos sendo desenvolvida através de:
. Leituras de textos informativos.
. Leituras de livros.
Produção de textos.
. Observações com relatos pessoais e entrevistas.
. Passeios Ecológicos (Praças, parques, Horto Florestal ...).

- Diálogos.
. Entrevistas.
. Passeio.
. Relatórios e confecção de murais.
. Desenhos.
. Concurso de frases e desenhos sobre reciclagem do lixo.
. Confecção de móbiles.
. Jogos Pedagógicos, ortográficos, matemáticos e de recreação.
. Oficina.
. Trabalho de arte.
. Brinquedoteca.
. Pesquisas.
. Sala de Informática.
. Sala de Biblioteca.
- Filmes.
- Teatro.
. Músicas, dramatizações.
. Poesias.
. Calendário.
. Álbum.
. Labirinto.
. Cruzadinhas.
. Parlendas.
. Atividades de Matemática.
. Adivinhas.
. Versinhos.
. Dramatização com fantoches.
. Excursões.
. Rótulos.
. Receitas.
. Atividades com jornais e revistas.
. Atividades de Português.
. Atividades de Ciências.
. Experimento.
. Histórias dramatizadas com relax.
. Caixinhas surpresas.
. BINGO
. Víspora
. Memória.
. Sacola ortográfica
. Corrida de carros
. Soletrando.
.Trabalhos em grande grupo.
. Trabalhos em pequenos grupos.
. Motricidade ampla e fina.
.Gincana envolvendo alunos com atividades sobre Reciclagem.
. Teatro elaborado pelas próprias crianças com assunto voltado para melhor conscientização da ecologia.
. Apresentação musical.
. Palestra envolvendo pais.
. Origami.
. Confecção de álbuns.
. Seminários, peças teatrais, murais e outros meios que incentivem, esclareçam e conscientizem a respeito da ecologia.






ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DO PROJETO
Num projeto prático de ciências e meio ambiente, os alunos aprendem como reciclar enquanto coletam, registram em planilhas e analisam tabelas com os dados de produção de lixo de suas próprias famílias. Por fim, apresentam o que descobriram.
Será feito através de estudos, reuniões com a participação efetiva de todos os participantes e voluntários.
Todos os resultados e avaliações serão feitas através de: relatórios, apostilas, gráficos, etc.
Espera-se que durante o desenvolvimento da prática pedagógica aplicada a educação ambiental: - a relativa mudança de comportamento dos educandos na comunidade escolar; - o exercício da cidadania, solidariedade e cooperação entre escola e comunidade;
A avaliação será feita através da observação direta, acompanhamento diário, da participação e interesse do aluno, buscando sempre acompanhar o processo de construção do conhecimento, possibilitando ao professor e aos alunos repensarem suas práticas e buscarem novas alternativas.

Por meio da compreensão das funções dos amigos da ecologia e a através da observação da mudança de comportamento

· O projeto será avaliado pela participação dos alunos e monitores;
· Atividades realizadas pelos alunos;
· Através dos desempenhos individuais e em grupo;
· Pelo interesse nos assuntos abordados e a partir de suas duvidas;
· Reuniões periódicas entre os monitores e aplicadores do projeto.
A mudança de valores, atitudes e posturas ocorrem lentamente e a obtenção de um resultado positivo depende do envolvimento de todos em um exercício de cidadania.
Levantamento das estratégias
· Reciclar todo papel produzido pela entidade;
· Realizar trabalhos manuais com o papel reciclado;
· Conscientizar alunos sobre a necessidade da reciclagem de papeis e outros materiais.
Recursos Humanos
· Monitores;
· Professores;
· Palestrantes.


AVALIAÇÃO DO RENDIMENTO
Percebendo que o meio ambiente é de suma importância, portanto, através desse projeto, queremos que nossos alunos sejam beneficiados, orientados e alertados da necessidade do cuidado com a natureza.É um assunto abrangente, e faz-se necessário um trabalho contínuo. Na oportunidade, queremos também que todos os alunos se informem da melhor maneira de cuidar da natureza em casa, na escola, no local de estudo e trabalho.
A proposta é mostrar ao aluno que o meio ambiente "é fonte de vida" e que merece carinho e cuidados especiais.
As avaliações com a coordenação do projeto serão quinzenais.
Apontamentos diários serão efetuados em caderno especial, sempre após a execução de qualquer atividade programada.
Atividades ocasionais e amplas serão avaliadas especificamente e com relatório especial à direção do instituto
Avaliações semestrais envolverão professores e alunos com esclarecimentos e debates em sala de aula e com preenchimento de questionários e formulários próprios.
A avaliação anual será feita pela coordenação do Projeto e tornada pública a comunidade escolar e local, além de informe às Secretarias de Educação e Cultura do Estado e do município.



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
COMPIANI, M. Geociências no ensino fundamental
e a formação de professores: o papel dos
trabalhos de campo. Tese de Livre Docência.
Instituto de Geociências, Unicamp, Campinas,
2003.
GARCIA, E. La interacción con el medio en relación
con la investigación en la escuela. In:
Investigación en la Escuela, Sevilla, n.1, 1987,
pp.57-62.
DINIZ-PEREIRA, J.E.; ZEICHNER, K.M. (orgs.). A
pesquisa na formação e no trabalho docente.
Belo Horizonte: Autêntica, 2002.
SANTOS, V. M. Escola, cidadania e novas
tecnologias: o sensoriamento remoto no ensino.
São Paulo: Ed. Paulinas, 2002.
· 
ABC da Ecologia - Site especializado em assuntos ligados ao meio ambiente e sua preservação.
· 
A Última Arca de Noé - Programa filantrópico de conscientização ambiental com atividades voltadas à conscientizar as pessoas da necessidade de preservação do meio ambiente (em português e inglês)..
· 
AME - Fundação Mundial de Ecologia - Ecologia é um nível superior de pensamento, onde tudo está relacionado com tudo, inclusive com as soluções.
· 
Ecologia de Peixes de Coral - (Em inglês).
· 
Ecologia do Plâncton - Limnologia Tropical- Grupo de Eco-fisiologia de organismos planctônicos do Instituto de C. Biológicas, UFMG. Linha principal de pesquisa: Limnologia de reservatórios. Principais projetos de pesquisa, dos bolsistas envolvidos, as principais publicações e da infra-estrutura do grupo de pesquisas.
· 
Ecologia Hoje - Artigos de Branca M. O. Medina. Manejo adaptativo, biocombustíveis, indicadores ambientais, equilíbrio ecológico,...
· 
Ecologia Web Site - Tudo sobre parques nacionais, zoologia, botânica, biologia, ecologia e paisagens naturais. Encontre também Ecossistemas como o Pantanal, ecossistema marinho, Amazônia e Mata Atlântica.
· 
Greenpeace - Site da Ong que luta em defesa da vida por todo o planeta...
· 
IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.
· 
Jornal do Meio Ambiente - Meio ambiente, ecologia e informação atualizada.
· 
Laboratório de Ecologia Animal - Projetos jacaré, capivara e tartaruga. Programas de extensão: criação experimental do jacaré-de-papo-amarelo em cativeiro e manejo sustentado da capivara em agroecossistemas. Laboratório pertencente ao departamento de produção animal (ESALQ/USP).
· 
Laboratório de Vertebrados (UFRJ) - Centro de pesquisa localizado no departamento de ecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Linhas de pesquisa: biogeografia, sistemática, genética, ecologia, adaptações, conservação, morfometria, reprodução (principalmente com pequenos mamíferos). Rio de Janeiro, RJ.
· 
LEI - FURG - Laboratório de Ecologia do Ictioplâncton do Departamento de Oceanografia (DOC) da Fundação Universidade Federal do Rio Grande, RS. Informações sobre a equipe, projetos, produção e banco de dados sobre ovos e larvas de peixes do LEI.
· 
Les Amis de la Terre - Os amigos da Terra (em francês).
· 
Museu Paraense Emilio Goeldi - Instituição pioneira dedicada a investigar, descobrir e difundir conhecimento sobre a Amazônia, acumulando dados e informações, sintetizando mais de um século de pesquisas de campo na região, enfocando a busca de conhecimento novo em botânica, zoologia, ciências humanas e ecologia.
· 
O Eco - Ótimo site com artigos variados sobre Meio Ambiente e Ecologia.
· 
Olho Verde - Site da Ong "SerConciente" que realiza um importante trabalho, com relatórios diários sobre crimes ambientais.
· 
Portal Brasileiro sobre Biodiversidade - ORTALBio é um mecanismo de incentivo à produção, à sistematização, à disseminação, à troca de informações e à transferência de tecnologias importantes para a conservação e uso sustentável da biodiversidade brasileira.
· 
RENCTAS - Rede nacional de combate ao tráfico de animais silvestres.
· 
Sociedade União Internacional Protetora dos Animais - Site da SUIPA.
· 
Fundação SOS Mata Atlântica - Visite o site desta importante fundação.
· 
WWF - Conheça o site de uma das maiores fundações de defesa da natureza de todo o mundo. (em inglês).
· 
WWF Brasil - Versão em português desta organização


Livrinho do Meio Ambiente






Texto:

Relax Ecológico

Feche os olhos e imagine
que você está dizendo…
Um céu muito azul, com nuvens
branquinhas, branquinhas…
Um Sol brilhante lançando seus raios para aquecer a Terra.
Uma grama bem verdinha e lindas árvores
formam um belo cenário, onde animais de todas
as espécies, pássaros e coloridas orboletas
brincam alegremente.
Agora, abra os olhos!
Tudo que você imaginou é o meio-ambiente (é uma paisagem natural).

Desenvolvimento:

1ª Atividade:
Será feito um breve comentário sobre o meio-ambiente, sobre paisagens naturais e paisagens modificadas pelo homem.
Comentário: modificar sem destruir.
O homem constrói moradias, pontes, estradas, viadutos.
Assim ele melhora o lugar em que vive, mas não pode esquecer os cuidados com a natureza.
  • protegendo as florestas e os animais que nelas vivem;
  • conservando o solo;
  • mantendo limpas as águas dos rios, mares, lagos e lagoas.
2ª Atividade:
Os alunos receberão três atividades para fixação do conteúdo.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário